20/08/14

Pedidos do e-mail #52

Olá, amigos.
Peço desculpas pela demora em postar aqui... Tentarei postar mais frequentemente.

E continuando com os pedidos de partitura:

Restaura nossa casa, Senhor - Salette Ferreira
Tom: Fá maior
https://www.dropbox.com/s/j986sx86bros5tp/Restaura_nossa_casa_Senhor.pdf


Pelo nome - Leticia Seriani
Tom: Fá# maior
https://www.dropbox.com/s/45vocqfslzxafyc/Pelo_Nome.pdf


Fiel Pelicano - Toca de Assis
Tom: Mi menor
https://www.dropbox.com/s/1qe9qeflebdrxsa/Fiel_Pelicano.pdf


Ser Sacerdote - Autor desconhecido
Tom: Si bemol maior
https://www.dropbox.com/s/57w2xr1fmk862vk/Ser_Sacerdote.pdf


Pela graça - Tony Allysson
Tom: Si menor
https://www.dropbox.com/s/wo14gxnfybsdwlb/Pela_Gra%C3%A7a.pdf


Motorista de Jesus - Pe. Osmar Coppi
Tom: Dó maior
https://www.dropbox.com/s/kfpv5esducdi8ik/Motorista_de_Jesus.pdf

08/08/14

"Ninguém te condenou? Nem eu te condeno. Vai e não voltes a pecar"

por Matheus Henrique

Vamos supor a seguinte situação: você acorda pela manhã e se olha no espelho. Qual a sua primeira sensação? Como você está? Com a face “amarrotada” pelo travesseiro? Com os cabelos bagunçados? Com mau hálito?

Essa situação que nos foi proposta para refletirmos é sobre o nosso físico. É uma situação onde podemos olha e dizer: “Eu estou assim e não tenho como negar”. Ou seja, se eu olho o meu físico, posso ver que não estou bem ao acordar, por isso tomo um banho, escovo meus dentes, coloco uma roupa, passo um perfume e estou pronto. Agora sim posso dizer que tomei posse da minha beleza física, a beleza exterior.

Agora vamos propor outra situação; dessa vez mais do que uma reflexão, será um desafio onde teremos que nos voltar para dentro de nós mesmos e nos questionar: Como eu estou como pessoa? Será que estou sendo realmente a pessoa que eu sou ou estou sendo a pessoa que cada um quer que eu seja?

O termo pessoa foi muito utilizado ao longo da história da humanidade, sobretudo dentro do contexto grego como as máscaras da comédia e da tragédia que os atores usavam para interpretar no teatro.

Com a evolução do pensamento teológico e filosófico, o conceito de pessoa como apenas máscara foi sendo extinto, mostrando que o ser pessoa é muito mais do que uma simples máscara.

Quando faço pregações sobre este tema, gosto muito de utilizar a passagem do Evangelho de São João, capítulo 8 onde uma prostituta é levada até Jesus para que Ele possa julgá-la, quando, na verdade, os judeus querem ouvir o que Jesus irá falar para poderem acusá-lo de romper as leis.

Refletindo esse Evangelho, é impressionante como Jesus faz a prostituta tomar posse daquilo que ela realmente era. Jesus não imagina aquela mulher, Ele não a vê sob a óptica dos homens que a viam como “a prostituta”, mas a vê pela óptica do amor, da compaixão: volta naquela mulher a primeira condição existente: ser filha de Deus e amada. Jesus não deixa que ela caia na imaginação dos outros. A prostituta toma posse daquilo que ela realmente é, mas que havia perdido por ter deixado os outros a imaginarem e ter se submetido a tal imaginação.

Ser pessoa é isso: tomar posse daquilo que eu sou mesmo sob as minhas limitações, mas não posso deixar os outros me imaginarem e muito menos me imaginar.

A graça de Deus não é uma realidade que está à cima de mim, mas é um movimento que me faz refletir quem eu sou; é um espelho que Deus coloca na minha frente para que eu me veja e para que eu descubra quem eu sou.

Voltando ao Evangelho, ali havia uma realidade: uma prostituta pega em adultério pronta para ser apedrejada, mas Jesus, em seu amor faz com que aquela mulher volte a se conhecer, volte a perceber que ela era um ser humano, uma filha especial para Deus; eu não tenho o direito de me projetar nessa imaginação que a vida fez de mim: me tornei prostituta, mas eu não sou prostituta e não nasci para ser prostituta.

Porque temos a dificuldade de dispormos de quem a gente é?

Nós somos feitos de momento, de brilhos temporários, ficamos atrás de coisas que pensamos que vão ser eternas. Tendemos a querer tudo na hora, não paramos para refletir e acabamos indo “na onda” de qualquer artifício que nos é apresentado, vamos atrás de brilhos temporários, e quando percebemos que essa alegria é temporária, que esse brilho se apagou nos decepcionamos e vamos cavando dentro de nós uma ausência de disposição de si: com isso vamos colocando nossa vida na mão do outro que vai decidindo por nós e com isso vamos nos perdendo. Ou pior, vamos criando em nossa vida personagens, para “fulano” vou ser assim e para “beltrano” serei assim.

Não fique criando personagens dentro de você, não fique se tornando outra pessoa, pois quando você morrer corre o risco de chegar lá em cima e Deus olhar para você e perguntar: “Te conheço? Te criei um e agora vem outro?”


Eu sei quem eu sou e não tenho o direito de me transformar na imaginação do outro, porque pode ser que o outro esteja me imaginando totalmente diferente do que Deus me fez. E entre o que Deus me fez e o que os outro imaginam que eu sou, eu prefiro ser aquilo que Deus me fez.

Após esta reflexão, convido você a ouvir a música "Imagem e Semelhança" e juntos rezarmos ao Senhor, que nos ajude a tomarmos posse daquilo que Ele tem para nós. Tomarmos posse de nossa Vocação, de nossa vida de filhos e filhas amados.

A todos meu abraço e minhas orações.

23/07/14

O Primeiro Olhar

Olá, amigos.

Eu havia feito essa partitura a muito tempo, e mesmo assim muitas pessoas me pediam pelo Facebook e pelo e-mail. Foi então que percebi que não havia postado aqui ainda!

Pois bem, aí está ela:

O Primeiro Olhar -Anjos de Resgate.

Tom: Lá maior
https://www.dropbox.com/s/svrti4p7jls3n7k/o%20primeiro%20olhar.pdf


06/07/14

Músicos católicos #1 - Comunidade Shalom

Texto de Bárbara Bedôr Novo
http://diocesedecrato.org/wp-content/uploads/2014/05/SHALOM-1.jpg 
A Comunidade Católica Shalom surgiu em 1982, a partir do desejo de seu fundador Moysés e outros amigos em ter algo que atraísse os jovens para mais perto da vida na Igreja. O que começou como apenas uma Lanchonete, logo virou uma Comunidade que a cada ano se espalha para mais um país de todo o mundo. E até hoje sua primeira sede, continua a existir no estado do Ceará.

http://cidadeverde.com/noticias/editor/assets/img63/pericles/missionario%20shalom%20teresina1.jpgA Comunidade atua em vários segmentos como, livraria, editora, lanchonete, artes entre outros. No meio musical, mais especificamente, pode ser encontrada em dois ramos principais: Missionário Shalom e Comunidade Shalom. O Missionário Shalom, trabalha com a produção de músicas mais para o dia a dia, já a Comunidade Shalom tem seu enfoque em músicas voltadas para Missas.


A seguir as partituras da Comunidade Shalom que já foram postadas no blog!

Porta do céu
Tom: C
https://www.dropbox.com/s/sukjcysbhejzslc/Porta_do_C%C3%A9u.pdf

Teu amor me sustentará
Tom: G
https://www.dropbox.com/s/7wlxl22mofjevsv/Teu_amor_me_sustentar%C3%A1.pdf

Estar em tuas mãos
Tom: F#m
https://www.dropbox.com/s/08qc1e06uei7ogp/estar%20em%20tuas%20maos.pdf

 Introdução - Estar em tuas mãos
https://www.dropbox.com/s/hqmhgmzu1dn4mfn/Estar_em_Tuas_m%C3%A3os-_Intro.pdf

Eu canto louvores
Tom: E
https://scontent-a-gru.xx.fbcdn.net/hphotos-xfa1/t1.0-9/10363126_691753180871999_5259064894024026498_n.jpghttps://www.dropbox.com/s/y1gs8n9jfg12z6t/Eu_canto_louvores.pdf

Em Teus braços
Tom: G
https://www.dropbox.com/s/6fmgn283x290gru/Em_teus_bra%C3%A7os.pdf

Inigualável comunhão
Tom: C
https://www.dropbox.com/s/5px8ughwvcwv641/Inigual%C3%A1vel_Comunh%C3%A3o.pdf

Quem é esse Deus?
Tom: D
https://www.dropbox.com/s/9ubtqjg6mfxw195/quem%20%C3%A9%20esse%20Deus%20D.pdf

Ressuscitou
Tom: G
https://www.dropbox.com/s/27qst3v7gxcyapk/Ressuscitou.pdf

Tesouro e Herança
Tom: G
https://www.dropbox.com/s/gsr6faajqo0tccf/Tesouro_e_heran%C3%A7a.pdf

Arrasta-nos
Tom: E
https://www.dropbox.com/s/r2v8x2fq1h2eelt/Arrasta-nos.pdf

Fogo Abrasador
Tom: E
https://www.dropbox.com/s/5ub1l0dnbtcg32i/FOGO_ABRASADOR.pdf


__________________

Essa foi a primeira postagem da série "Músicos Católicos", onde falaremos sempre de algum cantor/cantora/compositor/grupo católico e postaremos várias partituras!
Tem alguma sugestão? Deixe um comentário!